Linha aberta das 11h - 20h, Seg. a Sex

(+351) 308 804 992 LIVE CHAT
  • Serviço Discreto

    Embalagem e Facturação Discreta e Simples

  • Envio grátis para Portugal em encomendas acima de 50€

    Escolhe o seu dia de preferência

  • Os nossos clientes adoram-nos!

    Avaliações independentes pelo TrustPilot

Verrugas Genitais

Melhore a sua selecção

As verrugas genitais incomodam imenso. Para além do desconforto, é um problema pessoal que pode prejudicar imenso a auto-estima e causar problemas físicos graves se não tratadas. Encontre aqui tratamentos naturais para ajudar a acabar com as verrugas genitais de forma natural*.
As verrugas genitais incomodam imenso. Para além do desconforto, é um problema pessoal que pode prejudicar imenso a auto-estima e causar problemas físicos graves se não tratadas. Encontre aqui tratamentos naturais para ajudar a acabar com as verrugas genitais de forma natural*.

Verrugas Genitais

Ter um verruga, seja em que zona do corpo for, é desagradável e pode trazer transtornos à vida quotidiana. As verrugas genitais podem causar desconforto e, em alguns casos, são dolorosas. Importa que estejamos atentos ao nosso corpo e aos sinais que ele nos dá, evitando comportamentos de risco, mantendo a saúde vigiada e avançar com o tratamento para as verrugas genitais assim que possível.

As verrugas genitais são dos tipos mais comuns de infecções transmitidas através do contacto sexual. Estima-se que metade das pessoas sexualmente activas serão infectadas com algum tipo de verruga genital em algum ponto da sua vida. Ainda que as mulheres sejam tendencialmente mais afectadas pelas verrugas genitais que os homens, todo o cuidado é pouco na prevenção e no tratamento de verrugas genitais.

O que são verrugas genitais?

As verrugas genitais são pequenas infecções na pele que se formam nas zonas genitais e nas áreas envolventes. Afectam os tecidos húmidos da área genital, como as virilhas, podendo ter diversas manifestações.

Estas pequenas infecções também recebem o nome de condiloma ou condiloma genital. Normalmente são pequenas, como caroços da cor da pele ou então com uma aparência de couve-flor, mas por serem habitualmente tão pequenas pode haver dificuldade em identificá-las - pode não ser possível ver as verrugas genitais a olho nu. As aparências das verrugas genitais podem variar podendo apresentar-se sob a forma de pápulas, caroços, alterações de cor ou podem mesmo não dar sintomas.

Por norma, as verrugas genitais são muito pequenas, da mesma cor que a pele ou ligeiramente mais claras, cor de rosa. Ainda que grande parte das pessoas não tenham qualquer tipo de sintoma, o condiloma genital pode dar sintomas como comichão, ardor ou sensibilidade.

O condiloma genital localiza-se na zona genital e áreas envolventes como a virilhas e a zona anal. As verrugas genitais podem aparecer no ânus, na uretra, na vulva, no pénis, na vagina ou no colo do útero.

Causas das verrugas genitais

As verrugas genitais resultam quase sempre do contacto com o vírus HPV (Vírus do Papiloma Humano) e, sendo que grande parte da população sexualmente activa terá contacto com o vírus HPV em algum momento das suas vidas, as hipóteses de vir a sofrer com verrugas na virilha são muito altas. O vírus HPV tem mais de 40 subtipos que afectam a zona dos genitais.

Uma vez que o vírus HPV se transmite por via sexual, o contacto sexual com pessoas infectadas pode resultar no desenvolvimento da infecção. Ainda que, na maioria dos casos, o nosso sistema imunitário não permita o desenvolvimento do vírus HPV, fazendo com que não apareçam quaisquer sinais ou sintomas da infecção, todo o cuidado é pouco no que toca à proteção contra o vírus HPV e outras doenças sexualmente transmissíveis. Desta forma, o vírus HPV, responsável pelas verrugas genitais, é considerado uma doença sexualmente transmissível.

As pessoas mais propensas à infecção pelo vírus do HPV são aquelas cujo organismo, cujo o sistema imunitário, não está tão preparado para combater o vírus. Neste sentido, pessoas imunodeprimidas, quer por doenças quer devido à toma de medicamentos, estão mais vulneráveis, sendo por isso mais fácil o desenvolvimento de verrugas genitais.

Sintomas

Ainda que nem sempre existam sinais ou sintomas óbvios da presença de verrugas genitais, deve estar atento e vigiar a sua saúde para prevenir o aparecimento das verrugas genitais e saber como tirar verrugas da melhor forma possível.

Muitas vezes, uma verruga na virilha pode permanecer na pele durante longos períodos sem que o paciente se aperceba ou tenha qualquer queixa ou sintoma. No entanto, as verrugas genitais podem dar alguns sintomas:

  • Pequenos inchaços na área genital (estes inchaços podem ser da mesma cor da pele ou então mais claro como cinza ou rosa);
  • Muitas verrugas juntas (aglomeradas em forma de couve flor);
  • Comichão;
  • Desconforto;
  • Ardor;
  • Sangramentos durante as relações sexuais;

Normalmente, as verrugas genitais levam entre três a seis semanas para incubar. Assim, quando há contacto com alguém infectado com o vírus HPV, após o período de incubação, podem começar a surgir os primeiros sintomas de verrugas genitais.

Algumas teorias ligam o aparecimento de verrugas genitais a cancro. No entanto, até que um condiloma evolua para um cenário de cancro, pode demorar muitos anos, sendo que a visita ao médico assim que surjam os primeiros sintomas é essencial para o tratamento de verrugas genitais. Deve ter em atenção que assim que terminado o período de incubação pode contagiar outras pessoas.

Verrugas genitais nas Mulheres

As verrugas genitais não escolhem sexo nem idade mas tendem a afectar maioritariamente mulheres. Nestas, o condiloma pode aparecer na vulva, no espaço que fica entre a vagina e o ânus, no canal anal e ainda no colo do útero.

Além do aparecimento em zonas genitais, o condiloma pode dar sinais na boca ou na garganta após o contacto sexual com alguém infectado.

Verrugas genitais nos Homens

No caso masculino, ainda que não sejam tão frequentes como nas mulheres, as verrugas genitais também podem afectar os tecidos húmidos da zona genital. Neles, o condiloma pode aparecer no pénis (tanto na ponta como no eixo) e ainda no escroto e no ânus.

Tanto em homens como em mulheres, as verrugas genitais podem não dar quaisquer sinais ou então podem multiplicar-se em aglomerados, dando uma aparência de couve-flor devido ao conjunto de várias verrugas.

Condilomas genitais

Condiloma e verruga genital são sinónimos, querendo dizer a mesma coisa. Dentro das verrugas genitais podemos vários tipos de formato, sintomas e gravidade:

  • Condiloma acuminado: trata-se da forma mais clássica e comum das verrugas genitais. Este condiloma tem a forma típica assemelhando-se a uma pequena crista de galo. Apresenta uma base estreita, coberto por uma placa com uma cor rosada, parecendo uma crista de galo. Podem ser encontradas tanto em homens como em mulheres nas zonas típicas para o aparecimento das verrugas genitais.
  • Condiloma plano: as queixas deste tipo de condiloma são semelhante ao tipo anterior sendo que neste caso as verrugas genitais têm uma aparência lisa, de cor branca ou rosa.
  • Condiloma subclínico:trata-se do tipo menos visível de condiloma. Normalmente, este tipo de verrugas genitais são apenas visíveis com a aplicação de uma solução específica que faz com que os condilomas fiquem brancos.
  • Condiloma de Buschke-Lowenstein:este tipo de condiloma é muito grande, chegando a ser impressionante. Apesar de não apresentar traços de malignidade, este tipo de verrugas genitais são impressionantes pelo aspecto gigante.

Tratamento

As verrugas genitais podem não necessitar de tratamento médico mas isso não quer dizer que não deve estar atento à evolução do condiloma para evitar que este lhe traga consequências indesejadas. Caso tenha alguns sintomas como comichão, dor ou ardor deve procurar tratamento para as verrugas genitais.

Além do tratamento de verrugas ser físico, ao remover o condiloma da pele, procurar um remédio para verrugas vai ajudar também a aliviar o sofrimento emocional causado pelas verrugas genitais.

Deve ter atenção que, mesmo após o tratamento das verrugas, estas lesões podem voltar a aparecer.

O tratamento para as verrugas genitais pode ser feito recorrendo ao uso de medicamentos que são aplicados directamente na pele, nas zonas afectadas pelas verrugas genitais. Tratam-se de cremes dermatológicos compostos por químicos e produtos naturais que procuram acabar com as verrugas genitais. Deve, contudo, prestar atenção à forma como seu corpo reage aos medicamentos: sempre que notar qualquer tipo de irritação na pele, deve suspender o tratamento e procurar ajuda médica.

Naturasil Óleo para Verrugas pode ajudar a tratar e retirar as verrugas de forma breve, segura e sem dor*. É um tratamento completamente natural que recorre a ingredientes anti-virais para poder ajudar a tratar as infecções de verrugas*. Este medicamento natural ajuda a combater todas as formas de verrugas, incluindo verrugas genitais.*

Podem ainda optar por outro produto 100% natural, com ingredientes de origem vegetal. ZymaDerm™ para Verrugas trata todo o tipo de verrugas, incluindo as verrugas genitais*. Um tratamento seguro, que pode ajudar a aliviar os sintomas e a tratar as verrugas*, incluido as provocadas pelo vírus do HPV. Com uma fórmula indolor*, práticos e de fácil aplicação, este produto é seguro e indicado para ajudar no combate contra verrugas genitais*.

Para o tratamento de verrugas genitais há ainda a possibilidade de recorrer à cirurgia, principalmente quando se trata de verrugas de maiores dimensões, um condiloma que não está a responder à medicação prescrita pelo médico ou ainda no caso de o condiloma afectar uma mulher grávida (as verrugas genitais podem entrar em contacto com o recém nascido no momento do parto).

Remédios caseiros

Além dos tratamentos com medicamentos e outras técnicas médicas, pode sempre procurar atenuar os efeitos do condiloma com remédios para as verrugas que pode preparar com produtos que tem em casa. Seguem algumas sugestões de remédios caseiros para o tratamentos de verrugas genitais:

  • Vinagre de maçã: basta usar uma pequena bola de algodão, humedecida em vinagre de maçã e aplicar suavemente nas verrugas genitais.
  • Aloe vera: Pode optar por mergulhar uma bola de algodão num preparado de aloe vera e depois aplicar na pele ou então usar um pedaço da folha do aloe vera e passar directamente no condiloma. Para um melhor efeito, deixe a folha mais tempo em contacto com a verruga na virilha.
  • Alho: basta esmagar alguns alhos até obter uma pasta fina e aplicar esta pasta directamente na zona da pele afectada pelas verrugas genitais. Deixe atuar por cerca de duas horas e depois lave com água morna.
  • Banana: use a casca da banana directamente no condiloma. Para um melhor efeito, corte uma parte da casca da banana e prenda-a com fita à zona com verrugas genitais, deixando atuar durante a noite.

Prevenir verrugas genitais

A melhor forma de prevenir as verrugas genitais é não ter contacto com o vírus do HPV, responsável pelo aparecimento destas. Desta forma, os conselhos vão no sentido de evitar as situações de risco como:

  • Relações sexuais sem proteção, com múltiplos parceiros;
  • Relações sexuais com parceiros cujo historial desconhece;
  • Ter outra infecção ou doença sexualmente transmissível;

Além de evitar situações que o coloquem em risco, deve manter a sua saúde vigiada de forma a detectar precocemente qualquer alteração, como um condiloma. Procure o seu médico de família e peça para fazer o Papanicolau.

O papanicolau é um exame ginecológico de rotina que todas as mulheres devem fazer. Além de detectar alterações nos órgãos genitais, o papanicolau permite perceber como está a saúde do colo do útero - despistando problemas como o cancro do colo do útero (também causado pelo vírus HPV). Este exame baseia-se na observação clínica do médico e na recolha de células presentes no colo do útero que são depois enviadas para análise.

Pode também fazer o teste do vírus HPV. Através de uma amostra das células do colo do útero pode ser feita uma análise específica aos agentes causadores de infecções que podem depois evoluir em cancro. O teste do vírus HPV costuma ser feito em mulheres com mais de 30 anos uma vez que não é tão útil para detectar estas anomalias em mulheres mais jovens.

*É importante notar que os resultados dos nossos produtos vão variar de indivíduo para indivíduo. Deve sempre usar ou tomar os nossos produtos em conjunto com uma dieta equilibrada e uma prática regular de exercício físico. Todos os comentários de clientes encontrados neste website, são verdadeiros.

Newsletter
Registe-se para Ganhar Ofertas Especiais