• Serviço Discreto

    Embalagem e Facturação Discreta e Simples

  • Envio grátis para Portugal em encomendas acima de 50€

    Escolhe o seu dia de preferência

  • Protecção dos Dados de Clientes

    Os seus dados estão seguros e protegidos connosco

É Seguro Usar Óleo de Coco como Lubrificante?

A lubrificação feminina é um tema muito interessante mas por vezes tabu entre o casal, porém, é importante saber como funciona a lubrificação natural do corpo para entender a importância desta! O óleo de coco, embora possa parecer uma alternativa prática para os momentos íntimos, será que é seguro para usar durante as relações sexuais? Para descobrir mais sobre isto, continue a ler!

Como Funciona a Lubrificação Feminina

Em primeiro lugar é importante falar um pouco sobre o tema principal, a lubrificação. Para muitas mulheres é provável já terem sofrido alguns momentos desconfortáveis durante as relações sexuais, sendo uma das principais a falta de lubrificação da mulher que origina uma maior fricção e dor durante o acto devido à chamada secura vaginal. A falta de lubrificação feminina não implica que a mulher não tenha vontade em ter sexo, os principais fatores para a vagina seca e falta de lubrificação incluem-se em três categorias, fatores físicos, emocionais e outros:

Lubrificante Íntimo

Emocionais e Psicológicos:

  • Stress
  • Alterações de humor
  • Ansiedade
  • Depressão

Fisícos:

  • Infeções
  • Menopausa
  • Doenças Autoimunes
  • Medicação para alergias ou outras
  • Corrimento vaginal

Outros:

  • Anticoncepcionais (ex: pílula)
  • Uso de produtos de beleza
  • Material de vestuário
  • Duches vaginais

Benefícios do Lubrificante Vaginal

Lubrificante Intimo Natural

Sendo de conhecimento geral que os preliminares são importantes para estimular a lubrificação feminina natural, é assim importante que haja uma estimulação para ajudar a evitar a secura vaginal e promover a lubrificação!

Porém, devido aos motivos mencionados acima, até mesmo quando a mulher está a desfrutar dos preliminares, esta pode continuar a não produzir lubrificação suficiente para permitir um coito prazeroso e agradável. É aqui que entra a necessidade de recorrer a um gel lubrificante e hidratante vaginal para ajudar na penetração. Embora ainda seja um tema tabu entre as mulheres e homens, os lubrificantes já existem no mercado há algum tempo, e o seu mercado tem aumentado devido à crescente procura por alternativas naturais e saudáveis, que respeitem o corpo da mulher e do homem.

Deverei Recorrer a Lubrificantes Caseiros?

Embora haja uma grande variedade de lubrificantes nas farmácias e supermercados, nem sempre temos disponibilidade de usar um gel lubrificante vaginal adequado e específico. Assim, para não cortar a excitação momentânea à procura do seu lubrificante, podem existir alternativas para um uso esporádico, como por exemplo, o óleo de coco natural.

Lubrificante Óleo de Coco

O óleo de coco tem propriedades únicas e que podem beneficiar quem o usa. Este é conhecido por ser:

  • Antifúngico
  • Antibacteriano
  • Anti-inflamatório
  • Hidratante
  • Emoliente

Entre outros óleos vegetais caseiros e produtos de hidratação como a vaselina, o que encontra menos contra indicações é o óleo de coco, porém, segundo os especialistas em sexologia, deve-se evitar ao máximo usar produtos caseiros pois estes podem não ser adequados, provocar reações alérgicas ou até outros problemas a nível dermatológico, podendo também causar problemas no uso de anticoncepcionais, nomeadamente no uso de preservativos, pois aumentam a probabilidade deste se romper.

Para além destes contras, salientamos outras situações onde não deve ser usado como lubrificante vaginal:

Se quer brincar com objectos sexuais, este óleo é perfeito para brinquedos feitos a partir de:

  • Silicone
  • Metal
  • Cerâmica, etc.

O óleo de coco não é compatível com materiais de baixo nível - os quais nunca deverá usar sequer:

  • TPR
  • TPE
  • Geleia
  • Borracha
  • Látex
  • Vinil
  • PVC, entre outros

Lembre-se, se o material em questão for transparente como o cristal, então não é silicone, independentemente do que o fabricante diga!

Assim, dê sempre preferência a um lubrificante vaginal que seja criado por especialistas e seguro, e use antes o óleo de coco para outros fins, como hidratar a pele ou o cabelo, para cozinhar, etc.

Lubrificantes à Base de Óleo

Em geral, nenhum lubrificante à base de óleo pode ser usado com preservativos de látex, isto porque o óleo pode degradar o látex e também os preservativos feitos com poli-isopreno. Se quer usar um gel lubrificante à base de óleo com preservativos, terá de usar preservativos feitos a partir de poliuretano - infelizmente não existem muitos feitos a partir deste material.

Em qualquer caso, deve sempre fazer uma pesquisa sobre os preservativos que vai usar, ou está a usar, para não ter surpresas desagradáveis! Caso tenha dúvidas em escolher o lubrificante mais adequado para si, clique aqui.

Gel Íntimo Seguro

Já pensou que pode ter em casa algo que pode tornar os seus momentos íntimos mais divertidos, saborosos e… prazerosos? Sim é possível melhorar o prazer de ambas as pessoas, com apenas um pouco de lubrificante, isto porque, nem todas as pessoas têm capacidade de lubrificar naturalmente o corpo. Porém, deverá lembrar-se de que qualquer lubrificante que usar deve ser seguro.

Pondo isto, muitas vezes as pessoas reclamam dos lubrificantes à base de água não durarem muito tempo; secam depressa, tornam-se pegajosos, acabando por tornar o sexo por vezes desconfortável e doloroso, se passar muito tempo a praticá-lo. Neste caso, a alternativa é aplicar o lubrificante à base de água mais vezes durante a relação sexual.

Geralmente, os lubrificantes à base de silicone resolvem estes problemas, contudo nem todos os lubrificantes à base de silicone são perfeitamente compatíveis com todos os brinquedos sexuais. Para além disso, o lubrificante à base de silicone não é 100% natural, podendo não ser indicado para todas as pessoas e efeitos.

Relembramos que é importante usar produtos seguros, e, como existem infelizmente lubrificantes que não são adequados a consumo, deverá escolher cuidadosamente antes de comprar ou usar! Actualmente, a escolha principal das pessoas são os lubrificantes à base de água ou à base de óleo.

Gel Intímo e o Sexo Anal

Para além de ser importante ter atenção com a lubrificação feminina, para quem gosta de explorar outros tipos de sexo, deverá considerar o uso de um gel lubrificante durante a prática do sexo anal para evitar o desconforto, o risco de ferida ou a fricção.

Atualmente existem já lubrificantes específicos para o sexo anal, os quais ajudam a facilitar a penetração ao relaxarem os músculos do ânus.

Lubrificante Vaginal Natural

Lubrificante Organico

Grande parte das pessoas não se preocupa com os produtos que usa regularmente, desde o shampoo até à pasta de dentes, ou desde o creme para o corpo até à maquilhagem. Porém, é importante relembrar que existem diversos produtos no mercado que apenas trazem malefícios ao seu corpo e à sua saúde. Apostar em produtos naturais para cuidar da beleza e corpo é essencial, pois irá absorver os benefícios dos ingredientes naturais e irá estar a promover a sua saúde.

Por isso, recomenda-se o uso de produtos naturais e biológicos em qualquer aplicação do seu dia-a-dia, especialmente nos momentos de maior prazer. Hoje em dia, graças à explosão de produtos naturais no mercado, pode encontrar vários lubrificantes naturais orgânicos e saudáveis, que vão tornar todos os seus momentos entre os lençóis, inesquecíveis e também combater a secura vaginal.

Opte por Orgânico e Biológico

Sendo produtos bastante comercializados nas lojas físicas e online hoje em dia, é fácil encontrar produtos de má qualidade, sendo apenas vendidos para o lucro de certas empresas, as quais não têm qualquer preocupação com o consumidor final.

Assim, recomendamos analisar bem os produtos que adquire, optando sempre que possível por escolher produtos com ingredientes naturais, orgânicos e biológicos. Deste modo, irá garantir apenas o melhor para si e para a sua saúde. Ficará feliz por saber que a maioria das novas marcas de produtos naturais, incluindo as que vendem óleo de coco têm certificados de qualidade e não testam em animais, sendo também amigas do ambiente.

Outros artigos interessantes