Linha aberta das 9h - 19h, Seg. a Sex

(+351) 308 804 992 LIVE CHAT
  • Serviço Discreto

    Embalagem e Facturação Discreta e Simples

  • Envio grátis para Portugal em encomendas acima de 50€

    Escolhe o seu dia de preferência

  • Os nossos clientes adoram-nos!

    Avaliações independentes pelo TrustPilot

Tratamentos Médicos para as Estrias

Os melhores tratamentos médicos para estrias são a alternativa para as pessoas que não conseguem eliminar as estrias de forma natural, usando os remédios caseiros mais comuns. Descubra quais os procedimentos actuais que pode usar para remover as estrias e melhorar o aspecto da sua pele em pouco tempo.

Qual o melhor tratamento médico para eliminar as estrias?

Se mesmo depois de ter usado dos melhores cremes do mercado para remover as estrias ainda não ficou completamente satisfeito com os resultados, existem outras alternativas para tratar e eliminar as estrias.

Actualmente existem vários tratamentos para as estrias, alguns mais recentes e outros mais antigos, estes vão desde remédios caseiros mais indicados para casos de estrias mais recentes - visto que são mais fáceis de eliminar - ou, tratamentos médicos para estrias mais antigas e largas - neste caso é sempre recomendável que procure um dermatologista de modo a fazer uma avaliação do seu caso.

Aqui explicamos os melhores procedimentos médicos para usar no tratamento das suas estrias.

Tratamento a Laser Ablativo Fraccionado CO2

A nível médico pode encontrar tratamentos como a Laser Ablativo Fracionado CO2 - este tratamentos pode ser feito quando tem estrias vermelhas ou brancas; no caso das vermelhas o laser vai forçar os vasos sanguíneos a fechar e a estimular a produção de colagénio na zona afetada, este tratamento vai dar um aspeto mais natural à pele e vai diminuir o tamanho das estrias. Quando são estrias brancas o laser vai ajudar na produção de colagénio de modo a fechas as cicatrizes eliminado a estria.

O laser de CO2 vai actuar como várias agulhas a penetrar a pele, ao mesmo tempo os micro-pontos de penetração vão sendo eliminados pelo organismo graças à produção de colagénio nessa área, isto irá contribuir para que as estrias fiquem cada vez menos evidentes.

Peeling

O Peeling para as estrias é uma técnica que ajuda a promover a renovação celular através da remoção de pequenas e finas camadas de pele. Esta técnica permite que a renovação celular seja mais uniforme nas aparência e textura da pele. O peeling é mais utilizado para a renovação celular da cara, e é também muito eficaz noutras zonas do corpo como as pernas e rabo.

As estrias são a causa do esticar repentino da pele - por vários motivos como o aumento de peso e o crescimento. O peeling é um tratamento muito eficaz para o ajudar a eliminar as estrias. Para além deste tratamento pode encontrar também o peeling de ácido retinóico, que se apresenta com um custo e eficácia muito elevado. Também pode optar por o peeling de alfa-hidroxiácidos para as estrias mais evidentes, este último tratamento apresenta excelentes resultados.

Dermo-abrasão

Este tratamento que vai cuidadosamente lixar a pele com cristais de oxido de alumínio, e tem como principal objectivo eliminar a camada superficial da pele de uma forma segura e suave de modo a que nas zonas onde aplicou o tratamento a pele tenha a capacidade de regeneração. Este tratamento pode demorar alguns meses e é aconselhável que procure um médico especializado no assunto e peça informações antes de começar qualquer tipo de tratamento.

Terapia Electro-Acústica

Este tratamento consiste numa combinação de ondas acústicas e elétricas aplicadas em simultâneo através de um aplicador pneumático de massagem. Este tratamento vai regenerar as estruturas do tecido da pele e combater os sinais de envelhecimento.

Este tratamento consiste em três efeitos fisiológicos, que para além da ajuda que dá na produção de colagénio, tem ainda a função de nero-vascularização, que ajuda no aumento da oxigenação e na melhoria do metabolismo. O terceiro efeito deste tratamento consiste na eliminação das toxinas. Este procedimento é o mais indicado para o tratamento de celulite, de cicatrizes e de estrias.

Para este procedimento, de modo a que o ajude a alcançar os seus objetivos, são necessárias pelo menos 6 sessões em que cada uma dura cerca de 15 minutos.

Carboxiterapia

A carboxiterapia é um tratamento muito bom para estrias brancas e vermelhas, o tratamento vai regenerar a pele e vai reorganizar as fibras de colagénio e de elastina, deixando a pele mais uniforme em suavidade e tonalidade. Para além disso a carboxiterapia consegue também diminuir a largura e espessura das estrias deixando-as menos visíveis.

É um tratamento mais recomendado a quem aguenta bem a dor visto que o tratamento consiste em fazer penetrar uma agulha na zona afetada e depois é injectado um gás para dentro do seu corpo. Este tratamento não deve ser feito quando estiver grávida ou se estiver a amamentar para o caso de querer eliminar estrias dos seios.

Subcisão

A cirurgia sem incisão mais conhecida como subcisão, é realizado por um dermatologista ou um cirurgião plástico. Neste procedimento é administrada anestesia local, e penetra-se na zona da pele afetada pela estria com o intuito de tirar a pele que está afetada pela estria.

A subcisão pode tratar cicatrizes de acne, estrias, rugas fixas e cicatrizes traumáticas, no entanto tudo depende da gravidade de cada condição.

Através de uma pequena incisão na pele e do rompimento das traves fibróticas que promovem a depressão na pele e devido ao facto de ser dar o rompimento de pequenos vasos sanguíneos, estamos a forçar o corpo a produzir mais colagénio novo preenchendo o local a tratar deixando a pele mais uniforme. Como a produção de colagénio é lenta, os resultados deste tratamento poderão só ser visíveis após alguns meses de tratamento.

Após este tratamento é normal que tenha inchaço e hematomas nos locais onde fez o tratamento, se tratar o corpo no abdómen ou glúteos, recomenda-se que use cintas compressivas durante o primeiro mês para não deixar que os hematomas se estendam e para ajudar a promover uma recuperação mais rápida e eficaz. É também recomendado que nas primeiras duas semanas não pratique desporto para não forçar e deixar que as pequenas feridas fechem por completo. A exposição solar é também de evitar enquanto tiver manchas roxas na pele durante um período de 3 semanas.

Newsletter
Registe-se para Ganhar Ofertas Especiais