Linha aberta das 11h - 20h, Seg. a Sex

(+351) 308 804 992 LIVE CHAT
  • Serviço Discreto

    Embalagem e Facturação Discreta e Simples

  • Envio grátis para Portugal em encomendas acima de 50€

    Escolhe o seu dia de preferência

  • Os nossos clientes adoram-nos!

    Avaliações independentes pelo TrustPilot

Tipos de Infecções das Unhas

As infecções das unhas são um assunto muito delicado e podem ser muito dolorosas. Conheça o que são as infecções das unhas, como saber se tem uma e os tipos de infecções que existem.

Como saber se tem uma infecção na unha?

Devido a outras infecções poderem afectar as unhas ou imitar sintomas de infecções fúngicas, a única forma de confirmar o diagnóstico é ir a um médico. O médico irá raspar a unha e examinar sobre o microscópio para encontrar sinais de fungos. Em alguns casos, poderá ser necessário enviar a amostra para análise e identificação.

Como tratar as infecções das unhas?

Os produtos disponíveis no mercado, não costumam ser muito recomendados para tratar as infecções das unhas, pois não dão resultados confiáveis. Aconselhe-se com o seu médico para este indicar o melhor produto anti-fúngico para si. Embora a maioria dos produtos comuns sejam criticados, existem também várias críticas sobre os medicamentos com prescrição, que usam químicos que podem causar efeitos secundários, como o Lamisil, que para além de ser bastante caro, pode provocar danos no fígado e rins em alguns pacientes. Actualmente, existem algumas opções 100% naturais que usam apenas ingredientes à base de plantas, e que conseguem curar as infecções fúngicas nas unhas, como por exemplo o Naturasil Óleo para Infecções das Unhas.

Como prevenir as infecções nas unhas?

Ao fazer pequenas alterações no seu estilo de vida irá ajudar a prevenir infecções fúngicas nas unhas. Ter um cuidado especial com as suas unhas, ao mantê-las bem cortadas e limpas, irá prevenir infecções. Pode também evitar lesões na pele à volta das unhas. Se vai ficar mãos húmidas ou molhadas por algum tempo, deverá usar luvas de borracha.

Formas de prevenir infecções fúngicas nas unhas

  • Usar sprays ou pós anti-fúngicos regularmente
  • Secar os pés após o banho, especialmente entre os dedos dos pés
  • Fazer pedicure e manicure apenas em salões de beleza de confiança
  • Usar as suas ferramentas pessoas para a manicure e pedicure
  • Usar meia que diminuem a humidade
  • Evitar andar descalço em zonas públicas
  • Reduzir o uso de unhas falsas e verniz

Resultados a longo prazo

Para algumas pessoas, as infecções nas unhas podem ser muito difíceis de tratar, tendo de realizar diversas vezes o tratamento. A infecção da unha é apenas considerada como curada quando a unha nova está livre da infecção e cresce finalmente saudável. Embora isto indique a unha já não está infectada, é possível que a infecção fúngica na unha, volte passado algum tempo. Nos piores casos, poderá causar danos permanentes na unhas, precisando mesmo de a remover. Algumas das principais complicações dos fungos das unhas são:

  • reaparecimento da infecção
  • perda permanente da unha afectada
  • descoloração da unha infectada
  • dispersão da infecção noutras áreas do corpo e possivelmente corrente sanguínea
  • desenvolvimento de uma infecção bacteriana na pele chamada de cellulitis - celulite

É importante que veja um médico de tiver diabetes e uma infecção nas unhas devido ao facto da diabetes aumentar bastante as complicações causadas por estas infecções.

Tipos de infecções fúngicas nas unhas

Existem quatro principais tipos de infecções fúngicas nas unhas. São chamadas consoante a zona onde a infecção fúngica se inicia. Os dermatófitos causam grande parte das infecções das unhas

Onicomicose subungueal distal (OSD) é o tipo de infecções das unhas mais comum. É causada pelo mesmo fungo que causa a maior parte dos casos de pé de atleta (dermatófitos). A OSD infecta a pele por debaixo da unha (base da unha) e a unha. A infeção começa na ponta da cama da unha, e parte da unha costuma ficar amarela ou branca. Partes da pele e fragmentos da unha, acumulam-se debaixo da unha. Com o piorar da condição, a unha pode quebrar e partir-se, e pode separar-se da pele. Uma unha mais grossa e uma grande quantidade de fragmentos debaixo da unha podem causar desconforto ao usar sapatos. A onicomicose subungueal distal pode ser uma infecção que afecta a pessoa durante uma vida inteira, pois é muito difícil de tratar. Os sapatos que são muito apertados pioram a infecção, e em alguns casos, são a causa da infecção.

Onicomicose branca superficial (OBS), é o segundo tipo mas comum de infecções fúngicas. Pode ser tratada com facilidade. A OBS afecta a camada superior da unha, começando por formar pequenas manchas bancas na superfície da unha. Eventualmente toda a superfície da unha fica coberta com um pó branco e quebradiço. A unha não fica mais grossa e não se separa da pele.

Onicomicose candida, ou infecção por fungos na unha, é pouco comum mas pode afectar a unha e a pele à volta desta. Este tipo de infecções das unhas é mais comum nas unhas das mãos do que nas unhas dos pés. Pode involver todas as unhas ao mesmo tempo e pode causar as unhas de se separarem da base da unha. Esta infecção afecta as zonas frágeis da unha, que podem ficar descoloradas/brancas, verdes, acastanhadas e com uma forma estranha. A unha pode ficar mais grossa do que o normal, e podem haver sinais de infecção (vermelho, inchado, quente e doloroso) na pele próxima da unha. Ao contrário dos outros tipos de infecção das unhas, esta infecção pode ser muito dolorosa.

Onicomicose subungueal proximal (OSP), é causada por os dermatófitos. É mais comum em pessoas afectadas com o Vírus da Imunodeficiência Humana (HIV). O OSP infecta a bad da unha (pele na dobra da unha), tornando-a por vezes mais grossa, e podendo separá-la da pele. A base da unha pode ficar branca, e a unha opaca. A pele no topo do pé pode ficar infectada.

Newsletter
Registe-se para Ganhar Ofertas Especiais